Você está em: Página Inicial > Movimento Menos Pudor, Mais Poder é destaque no mês da mulher

Movimento Menos Pudor, Mais Poder é destaque no mês da mulher

A partir de um questionamento sobre até onde a censura e o pudor poderiam impedir de levar informação sobre saúde para todas as mulheres, a Associação de Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais (SOGIMIG) lançou em março o movimento “Menos Pudor, Mais Poder”.  Após passar por uma série de censuras em suas Redes Sociais em postagens informativas que continham palavras como vagina, sexo e prazer, a entidade liderou o movimento para conscientizar sobre a importância de a mulher conhecer seu corpo e ir regularmente ao ginecologista. Por meio da campanha, a entidade pretende diminuir a estatística divulgada recentemente pela Federação Brasileira das associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), em parceria com o Datafolha. A pesquisa revelou que mais de 26 milhões de brasileiras estão com sua saúde ginecológica desassistida – 11% delas não vão ao médico por vergonha.

Intervenção na Rodoviária no Dia da Mulher marcou início da campanha

Com o movimento, a SOGIMIG, em parceria com a Rodoviária de Belo Horizonte, promoveu uma roda de conversa gratuita na sexta-feira 8 de março (Dia Internacional da Mulher), com temas como métodos contraceptivos e doenças sexualmente transmissíveis, gravidez e menopausa, o evento reuniu dezenas de mulheres. Na ocasião, foi distribuído o Guia Saúde da Mulher, que destaca datas de vacinas e exames importantes, promovendo a saúde e a prevenção de doenças que afetam o público feminino.

 

Esporte abraça campanha e impacta milhares de torcedoras

Os principais times de Minas Gerais – América, Atlético, e Cruzeiro – e o Minas Tênis Clube, também abraçaram a campanha e concederam espaços antes de suas partidas para a realização de atividades do movimento. Mais de 100 mil pessoas foram impactadas nos estádios e arena por meio do vídeo institucional da campanha que enfatiza dados importantes que indicam os perigos da mulher não ir ao ginecologista. Além disso, a distribuição dos Guias da Saúde sensibilizou milhares de pessoas sobre a saúde e a prevenção de doenças que afetam o público feminino.

Fora de campo, os times uniram esforços com a SOGIMIG para a promoção de palestras com ginecologistas para suas funcionárias, a fim de informar e esclarecer sobre tabus ligados à saúde da mulher. As Redes Sociais também foram usadas como meios de dissipação do movimento e engajaram mais de 1 milhão de usuários, tanto do Instagram e Facebook da SOGIMIG, quanto dos times parceiros.

 

Campanha presente no clássico histórico de futebol feminino

O movimento também foi destaque antes da partida histórica de futebol feminino entre Atlético e América, realizada no sábado (23) no Mineirão. No primeiro clássico feminino disputado no Gigante da Pampulha, as jogadoras entraram em campo com a camisa da campanha e jogaram as camisetas para um público de 4.500 pessoas. A partida amistosa marcou o encerramento do evento Voe Mulher, realizado no estádio.

 

Confira as fotos da ação: